Startup brasileira está entre as finalistas do Chivas “The Venture”


Compartilhar

Foram reveladas ontem, em Oxford, no Reino Unido, as 27 startups do mundo todo que estão competindo pelo prêmio de US$ 1 milhão do fundo internacional “The Venture”. As empresas selecionadas usam ideias inovadoras que têm como objetivo criar uma mudança social ou ambiental positiva. O grupo de empreendedores, incluindo a brasileira EPITRACK, está agora entre as finalistas do “The Venture”, concurso criado pela marca de whisky Chivas Regal que busca encontrar os empreendedores sociais mais promissores do mundo.

Em sua segunda edição, “The Venture” recebeu mais de 2.500 inscrições, vindas de seis continentes, de startups que abordam questões sociais e ambientais com soluções de negócios sustentáveis. Apenas um integrante de cada uma das 27 empresas finalistas irá representa-las na etapa final do “The Venture”, que acontecerá na cidade de Nova York, em julho, onde eles terão apenas cinco minutos para impressionar os jurados com suas apresentações.

O perfil dos finalistas varia e pode-se citar como exemplos o fundador da Epitrack (Brasil), Onicio Neto, que criou uma maneira mais rápida de identificar e localizar surtos de doenças por uma plataforma digital baseada no crowndsoursing. Outro nome que ilustra essa diversidade de participantes é Kenny Ewan, fundador do WeFarm (UK), que desenvolveu uma plataforma de compartilhamento contínua de experiências para os 500 milhões de agricultores de pequeno porte pelo mundo que não têm acesso a internet.

A preparação para a final do “The Venture” começa com a viagem dos 27 finalistas para Oxford, onde irão participar de um programa de transformação chamado “Accelerator Week” no Centro de Empreendedorismo Social criado pelo Skoll Centre e incorporado pela Saïd Business School da universidade de Oxford. Durante um programa intensivo de cinco dias, os finalistas irão receber um treinamento de liderança e suporte na preparação para os altos níveis de desafios que enfrentarão em julho.

Sobre esta fase do projeto, Daniela Papi – Thornton, Diretora representante do Skoll Centre, comentou: “Nós vamos oferecer oficinas com uma série de temas relevantes, desde entender como medir o impacto social, até métodos e melhores práticas para dimensionamento, tudo isso ensinado por mentores renomados mundialmente por seu conhecimento em impacto social e educacional. Nós estamos impressionados com a diversidade da lista de finalistas e animados para descobrir mais sobre seus empreendimentos”.

Richard Black, diretor global da marca Chivas Regal lembrou que a marca surgiu com o propósito de devolver à sociedade algo que pudesse tornar a vida de mais pessoas, melhor. “Nossos fundadores foram empreendedores que devolveram às suas comunidades e o ‘The Venture’ é a continuidade desse legado, pois, por meio dele, Chivas busca descobrir e apoiar os negócios que são comprometidos em redefinir o papel das empresas em criar um futuro melhor”.

A partir do dia 9 de maio até o dia 13 de junho, o público poderá escolher seus finalistas favoritos pelo site do projeto. Durante cinco semanas, o voto popular irá determinar como serão divididos os primeiros US$ 250 mil do prêmio, que serão destinados a financiamento dos primeiros projetos escolhidos. O restante do valor, US$ 750 mil, será entregue na final do “The Venture”, em julho, na cidade de Nova York, após uma disputa na frente dos jurados do concurso.

Para saber mais sobre os finalistas do “The Venture” e votar nos finalistas do projeto, visite a página www.TheVenture.com.

Compartilhar